Alarme de Rompimento de Barragem é Acionado por Engano e Assusta Moradores em Goiás

Compartilhar esta postagem

Alarme Falso

Um alarme de rompimento da barragem da Usina Hidrelétrica de São Simão, localizada na divisa entre Goiás e Minas Gerais, foi acionado por engano durante uma manutenção de rotina, provocando pânico entre moradores e trabalhadores da região. A Spic Brasil, empresa que administra a usina, informou que o alarme foi ativado erroneamente devido a uma falha humana.

Reação da População

O alerta, que foi transmitido com sirenes e uma mensagem de voz, orientava as pessoas a paralisarem suas atividades e seguirem para pontos de encontro seguros, gerando grande confusão e medo. “Atenção: a Defesa Civil informa: estado de emergência. Paralise suas atividades e siga para o ponto de encontro. Atenção, estamos em estado de emergência”, dizia o alerta.

Os moradores e trabalhadores, ao ouvirem o alarme, reagiram rapidamente. Um funcionário da região relatou que reuniu todos os funcionários e contatou a Spic Brasil para entender a situação. Ele explicou que, embora o alarme pudesse ser uma simulação, os funcionários foram mantidos em segurança até que houvesse mais informações.

Esclarecimento da Spic Brasil

A Spic Brasil emitiu uma nota oficial esclarecendo o incidente: “A SPIC Brasil informa que não houve nenhuma emergência na Usina Hidrelétrica São Simão. O toque da sirene foi um alarme indevido e está tudo bem. Não há emergência na unidade e todos os pontos de leitura dedicados ao monitoramento das estruturas foram verificados e permanecem íntegros, funcionando normalmente.”

A empresa destacou que o alarme foi acionado por um equívoco durante uma manutenção de rotina e que medidas estão sendo tomadas para revisar e corrigir as automações do sistema de sirenes para evitar futuros erros.

Sobre a Usina de São Simão

A Usina Hidrelétrica São Simão, inaugurada em 1978, opera com seis turbinas e possui uma capacidade energética de 1.710 MW, suficiente para abastecer aproximadamente seis milhões de residências. A usina é constantemente monitorada por uma equipe de especialistas e possui instrumentos ativos que garantem a segurança estrutural das suas instalações. Inspeções visuais também são realizadas periodicamente para assegurar o bom funcionamento da usina.

O alarme falso de rompimento da barragem da Usina Hidrelétrica de São Simão destacou a importância de procedimentos rigorosos de manutenção e monitoramento. A resposta rápida da Spic Brasil em esclarecer a situação ajudou a tranquilizar a população e demonstrou o compromisso da empresa com a segurança e a transparência. Medidas estão sendo implementadas para garantir que incidentes similares não ocorram no futuro, assegurando a confiança dos moradores e trabalhadores na região.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email