Dono de supermercado é preso por apalpar seios e bumbuns de funcionárias

Compartilhar esta postagem

A Polícia Civil prendeu Elias Sardinha da Silva por suspeita de importunação sexual contra seis mulheres, em Anápolis, a 55km da capital. O investigado é dono de um supermercado e, segundo as denúncias, usava da sua posição de chefe para assediar funcionárias.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido nesta sexta-feira (30). De acordo com a delegada Isabella Joy Lima, responsável pelo inquérito, o dono do supermercado sempre abordava as funcionárias e iniciava conversas de cunho sexual. Depois, convidava as vítimas para jantares, onde passava as mãos nos seios e nádegas sem autorização.

Mesmo incomodadas com a situação, as funcionárias não tinham coragem de denunciar o homem, por ele ser o chefe delas. Mas, segundo a polícia, depois que uma das vítimas fez a denúncia, outras cinco funcionárias decidiram denunciar o homem também.

Por acreditar que outras mulheres também podem ter sido vítimas de Elias, a delegada decidiu permitir a divulgação do nome e fotos do investigado para auxiliar no surgimento de novas vítimas e testemunhas que façam seu reconhecimento, além de novas provas para o inquérito. A autorização se deu nos termos da Lei 13.869/2019 e da Portaria 547/2021-PC.

A gente acredita que sim que ele tenha feito isso com outras mulheres que trabalharam com ele. Uma testemunha que trabalhou no supermercado disse que ele tinha essa fama, mas que muitas vítimas nunca tiveram coragem de vir até a delegacia”, afirma a delegada.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email