Homem passa molho de tomate pelo corpo e tira foto de corda para tentar comover namorada depois dela o denunciar por violência

Compartilhar esta postagem

A Polícia Civil prendeu um homem, de 39 anos, suspeito de ameaçar, perseguir e chantagear a namorada, de 38, em Planaltina de Goiás, na região do Entorno do Distrito Federal (DF). Segundo os policiais, o homem foi encontrado com o rosto e parte do corpo cobertos com molho de tomate e com uma corda pendurada ao lado, para tentar comover a vítima depois dela o denunciar.

A prisão do suspeito aconteceu na segunda-feira (17). De acordo com relatos da vítima à polícia, os dois estavam juntos há quatro meses, mas há um mês ela tentava terminar o relacionamento.

No domingo (16), o casal estava em um bar quando o homem iniciou uma discussão por ciúmes. Por conta da confusão no estabelecimento, a mulher decidiu sair do local, mas foi perseguida pelo companheiro, que estava armado com uma faca. Com medo de perder a vida, a mulher fingiu estar bem com ele, fazendo com que o homem jogasse o objeto fora.

Aos policiais, a vítima narrou que, ao chegar em casa, o suspeito continuou na residência dela contra a sua vontade. Por isso, na manhã seguinte, a mulher fingiu que estava indo para o supermercado para tentar ir até a delegacia denunciar o crime. Mas o homem seguiu ela novamente.

Percebendo que estava sendo seguida, a vítima entrou no estabelecimento que fica próximo à delegacia e, minutos depois, saiu correndo em direção à unidade policial pedindo socorro. Com isso, o suspeito fugiu.

Chantagem e histórico de violência

 

Depois da denúncia, a polícia encontrou o homem na casa do pai com o rosto e parte do corpo cobertos com molho de tomate, e com uma corda pendurada ao lado. Os policiais também acharam várias mensagens e fotos do suspeito chantageando a vítima. Ele fingia que o molho de tomate era sangue e tirou uma foto da corda para simular uma tentativa de morte.

Diante do flagrante, os policiais prenderam o homem e o encaminharam para a cadeia pública de Planaltina. O suspeito está agora à disposição da Justiça. Conforme a investigação, o investigado possui outras três ocorrências policiais no âmbito da violência doméstica. Uma em Goiás e duas no Distrito Federal, contra diferentes vítimas.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email