Mulher é presa suspeita de extorquir R$ 80 mil de homem para não mostrar nudes e conversas à esposa dele

Compartilhar esta postagem

Uma mulher de 39 anos foi presa em flagrante suspeita de extorquir um homem de 39 anos, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Os dois trocaram mensagens e fotos íntimas, e ela pedia dinheiro para não expor a situação para a esposa dele. Segundo a Polícia Civil (PC), as transferências ocorrem desde janeiro de 2023 e somam mais de R$ 80 mil.

A delegada do caso, Luiza Veneranda, falou que a suspeita é amiga da esposa da vítima. Ela teria conseguido o telefone do homem com a própria esposa, fingindo estar interessada em produtos que ele vendia. A relação começou comercial e evoluiu de modo que ele fez confissões sobre os problemas do casamento e, depois, eles trocaram nudes.

Segundo a delegada, as solicitações de transferência começaram em valores menores, de R$ 100 e R$ 200, e foram aumentando. Foram mais de 100 transferências bancárias que juntas somam mais de R$ 80 mil. A mulher teria ameaçado a vítima dizendo que mostraria as mensagens para a esposa dele. O último pedido, de R$ 10 mil, teria acontecido na quinta-feira (18), no dia da prisão da suspeita.

“Deposita a p* do dinheiro. Ou você quer mesmo que eu estrague sua família?”, dizia uma das mensagens enviadas na quinta-feira (18). Segundo a delegada, as mensagens eram explícitas e estavam sendo enviadas quando o homem procurou a polícia, o que justificou a prisão em flagrante.

O homem decidiu procurar a delegacia porque, de acordo com a delegada, “não tinha mais de onde tirar dinheiro e até cogitava se matar”. Luiza ainda afirmou que o homem está sendo investigado por supostas atividades criminosas na tentativa de conseguir mais dinheiro para pagá-la.

A mulher foi ouvida pela Polícia Civil e, segundo a delegada, “na visão dela, ele dava o dinheiro porque queria e que não achava que estava o pressionando. Ela confirmou que havia enviado mensagens e que realmente ameaçou contar para a esposa dele, mas disse que não faria isso porque nunca destruiria uma família”.

Ela está presa e deve passar por audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (19). A pena para o crime de extorsão é de, no mínimo, 4 anos e de, no máximo, 10 anos.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email