Paciente estuprada por enfermeiro viu crime, mas não conseguiu gritar por socorro por estar sedada

Compartilhar esta postagem

A paciente que foi estuprada enquanto estava internada em um no Hospital Municipal de Rio Verde, no sudoeste do estado, contou à polícia que viu o crime acontecer. No entanto, a delegada Jaqueline Camargo explicou que a mulher não conseguiu gritar por socorro por estar sedada no momento. Um enfermeiro de 32 anos foi preso suspeito do crime.

O crime aconteceu em março do ano passado, segundo as investigações da Polícia Civil. Por meio de nota, a defesa do enfermeiro disse que “demonstrará durante a fase processual a ausência de autoria delitiva, assim como buscará restabelecer a liberdade do investigado através dos meios recursais.”

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email