Perito do IML é preso suspeito de pegar celular de estudante de medicina que morreu e transferir dinheiro da vítima para a conta dele

Compartilhar esta postagem

Um perito do Instituto Médico Legal (IML) foi preso suspeito de se aproprioar do celular de uma estudante de medicina que morreu em Mineiros, no sudoeste do estado. Segundo a Polícia Civil, o suspeito contou a um delegado, enquanto jantavam em uma pizzaria, que estava com o celular da estudante e que queria transferir o valor de R$ 6 mil para a conta pessoal dele.

A prisão aconteceu na última quinta-feira (5). Segundo a polícia, enquanto comiam, o delegado e alguns peritos do IML começaram a conversar sobre a morte da estudante e que, durante o assunto, o suspeito informou que estava com o celular da vítima. Ainda durante a conversa, o perito informou ao delegado que na conta bancária da vítima havia a quantia de R$6 mil e perguntou se seria errado fazer a transferência do valor para ele.

Ainda segundo os relatos, o delegado informou que o ato era ilegal e que o dinheiro deveria ser destinado aos familiares da vítima. Após a conversa, o investigador, juntamente com outro agente policial, foram até o IML e pediram para que o perito mostrasse o celular da vítima e suas contas bancárias, momento em que o suspeito apresentou nervosismo e que constaram ter apenas o valor de R$ 1 mil.

“Eu só vou saber se ele realmente fez as tranferências, quando a juíza me autorizar a mexer no celular”, disse Thiago Escandolhero, delegado responsável pelo caso.

 

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email