Suspeito de homicídios em Goiás é preso na Itália após análise de DNA depois de ser localizado ao registrar filho

Compartilhar esta postagem

O suspeito de matar um homem durante um roubo em Anápolis, a 55 km de Goiânia, foi preso na Itália após análise de DNA. Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que ele também havia cometido um homicídio na cidade.

“A polícia estava com o DNA identificado e precisava confrontar com o dele. Porém, ele havia fugido para a Itália e a única saída era confrontar com o DNA dos filhos. Assim, conseguimos comprovar que ele realmente é o autor dos crimes”, afirma o delegado Cleiton Lobo.

 

Por não ter o nome divulgado, a reportagem não conseguiu localizar a defesa do suspeito para que se posicionasse até a última atualização desta reportagem.

O homem é suspeito de um latrocínio, em 2016, e um homicídio, em 2018. No primeiro crime, conforme o delegado, Ademar Nunes foi morto a tiros enquanto ia para o trabalho.

“Ele tinha um açougue na cidade e quando ia trabalhar pela manhã foi abordado pelo suspeito. Possivelmente a vítima não quis entregar os bens solicitados e o suspeito atirou contra ele. Após o crime, o homem fugiu sem levar nada” explica o delegado.

De acordo com a polícia, ao fugir do local o suspeito deixou o coldre da arma onde havia o material genético, que foi periciado.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email