Advogada que se apresentava como psicóloga: Saiba quem é a mulher suspeita de matar ex-sogro e a mãe dele envenenados

Compartilhar esta postagem

A advogada Amanda Partata foi presa suspeita de matar o ex-sogro e a mãe dele envenenados, em Goiânia. Leonardo Pereira Alves, de 58 anos, e a mãe dele Luzia Tereza Alves, de 86, morreram após consumirem um alimento envenenado, em um café da manhã com a suspeita.

O mandado de prisão temporária contra Amanda foi cumprido na noite de quarta-feira (20).

Ao comentar sobre a prisão, o delegado Carlos Alfama declarou que se trata de um “caso complexo e que envolve até um grau de psicopatia”.

Amanda é advogada em Itumbiara, no sul goiano. Nas redes sociais, ela também se apresentava como psicóloga e fazia publicações com comentários sobre livros diversos.

Porém, segundo o Conselho Regional de Psicologia de Goiás (CRP-GO), ela não tem registro profissional ativo no banco de dados do Conselho.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email