Delegado revela detalhes chocantes sobre morte de fisioterapeuta encontrada amarrada na BR-060

Compartilhar esta postagem

Em um novo desdobramento das investigações, a Polícia Civil (PC) descobriu detalhes sobre a morte da fisioterapeuta Larissa Araújo, de 25 anos, cujo corpo foi encontrado às margens da BR-060, na altura de Rio Verde, após um carro capotar e ele ser arremessado para o lado de fora na terça-feira (02). O principal suspeito, Jeferson Erivaldo da Silva, de 25 anos, foi encontrado em uma região de mata, próxima ao local.

“O que a polícia acredita neste momento, após as várias análises, oitivas e perícias, é que esse indivíduo estaria na prática de furto. Ele pulou o muro e entrou em uma porta aberta, como viu que a moradora era uma mulher, a amarrou e assim o furto evoluiu para estupro e, posteriormente, para homicídio, em uma tentativa de encobrir os rastros”

Ao longo da ação, o jovem teria amarrado a mulher, deixando marcas profundas nos tornozelos dela. Ainda foram encontrados, no carro da vítima, utilizado para fugir, diversos eletrodomésticos e itens como um botijão de gás, televisão e outros.

Câmeras de segurança registraram ainda a movimentação na casa da vítima, que mostram o suspeito saindo no carro por volta das 06h. Portanto, e também pelas análises periciais, a morte da jovem teria ocorrido entre as 05h e as 06h.

Ainda segundo delegado, o jovem foi encontrado após fugir e se esconder em uma região de mata. Durante o interrogatório, ele chegou a contar uma versão na qual teria cometido o crime a mando do ex-namorado da vítima, de codinome “bombado”, afirmando ainda que iria receber R$ 100 e 25 gramas de maconha pelo serviço.

Todavia, em um primeiro momento ele diz que iria apenas sumir com o carro dela, e que sequer sabia que havia um corpo. Contudo, ao longo do depoimento, ele demonstrou não saber nada sobre o ex-namorado, entrando em contradição várias vezes.

“No final do interrogatório, ele acaba confessando que furtou, assassinou e estuprou a jovem. Esse último crime ainda não se sabe se ocorreu com ela em vida ou já morta, estamos aguardando os laudos periciais. Contudo, já identificamos que ela teria morrido por estrangulamento”, revelou Adelson.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email