Grupo matou policial penal após ele desconfiar que teve dinheiro desviado por ex-funcionários

Compartilhar esta postagem

Cinco pessoas foram indiciadas pela morte do policial penal Françualdo Leite Nóbrega, que ficou mais de um mês desaparecido até seu corpo ser encontrado, em Cocalzinho de Goiás. Segundo a Polícia Civil, entres os cinco indiciados, três eram ex-funcionários da vítima. Outros dois indiciados pelo crime estão foragidos.

O indiciamento dos suspeitos aconteceu na terça-feira (6). Segundo o delegado responsável pelo caso, Vinícius Máximo, Manelito de Lima Júnior, Daniel Amorim Rosa e Felipe Nascimento dos Santos estão presos e devem responder pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e furto.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email