Mãe e padrasto são condenados a mais de 100 anos de prisão por torturar e espancar bebê e criança

Compartilhar esta postagem

Juntos, uma mãe e um padrasto, foram condenados a mais de 100 anos de prisão por torturar e espancar um bebê e uma criança, em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. Segundo os relatos da denúncia, uma das vítimas das agressões, um bebê de apenas 1 ano, sobreviveu apenas por ter recebido atendimento médico.

O caso aconteceu em julho de 2021. A denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO) apontou que o casal agrediu o bebê e a criança com chineladas em diversas áreas do corpo, incluindo as genitálias.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email