Mais de 10 pessoas foram abusadas por idoso investigado por estuprar criança de 6 anos, diz delegada

Compartilhar esta postagem

A Polícia Civil investiga um idoso, de 78 anos, suspeito de ter estuprado uma criança de 6 anos, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo apurado pela delegada Aline Lopes, pelo menos 10 pessoas foram vítimas do suspeito nos últimos anos.

“Após a divulgação da sua prisão, tivemos informações de cerca de 10 pessoas que teriam sido vítimas dele ao longo dos anos”, explicou a delegada Aline.

“Ele age sempre da mesma forma, sempre atrás de crianças. Meninos e meninas. Sempre procurando se aproximar, ganhar confiança, mostrando uma simpatia, oferecendo algum tipo de favor, carona, e aproveita-se do momento em que está sozinho com a criança, abusando sexualmente dela. Sempre com atos libidinosos”, detalhou a delegada sobre o modos operandi do suspeito.

De acordo com a delegada, a polícia soube das novas vítimas ao monitorar as redes sociais após a prisão do suspeito.

“Após a divulgação da prisão, a Polícia Civil observou em postagens em redes sociais várias pessoas que afirmaram saber sobre crimes que ele havia cometido e algumas pessoas que alegaram ter sido vítimas dele há alguns anos. A PC tem monitorado esses comentários e entrado em contato com as autoras”, explicou a delegada.

A delegada ainda explicou que uma dessas dez vítimas procurou a delegacia e formalizou a denúncia. Segundo essa nova vítima, os crimes contra ela teriam ocorrido há cerca de 13 anos.

“Uma dessas pessoas já procurou a Polícia Civil e formalizou a denúncia. Um homem que foi vítima dele quando tinha 12 anos. Mesmo modus operandi de ganhar a confiança da criança, depois surpreendendo a vítima com atos libidinosos”, contou Aline Lopes.

Criança de 6 anos

 

O suspeito passou a ser investigado depois de uma denúncia de que o homem teria estuprado uma criança de 6 anos. A delegada explicou que, nesse caso, o homem era amigo da família da vítima e cometeu os abusos ao chamar a menina para brincar de pique-pega.

Segundo a investigação, o homem se aproveitava de momentos em que a esposa estava conversando com a mãe da criança para fingir que iria brincar com ela e cometer os crimes. No entanto, após desconfiar das atitudes, a mãe da menina verificou as câmeras da casa dela e teria confirmado os abusos.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email