Padrasto é preso suspeito de estuprar crianças após uma delas denunciar abusos à escola

Compartilhar esta postagem

Um padrasto foi preso suspeito de estuprar as enteadas de 6, 9 e 11 anos após uma delas denunciar os abusos à escola, em Itapirapuã, na região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a mãe também foi presa, mas por omissão, depois de uma das filhas contar para ela sobre os crimes.

Segundo o delegado Kleber Leandro Toleto Rodrigues, em depoimento, a mãe disse que temia a prisão do companheiro pois ele fazia o sustento da casa, e sem ele, elas ficariam sem condições financeiras. A prisão deles aconteceu na manhã da última quarta-feira (20) na fazenda onde a família mora.

O delegado contou que na última semana, a criança de 6 anos estava chorando muito e pediu para conversar com a psicóloga da escola, foi quando ela contou que sofria os abusos. Uma das irmãs, de 11 anos, tem deficiência cognitiva, retardo mental moderado.

Com autorização da Justiça, a polícia apreendeu os celulares do casal, e no aparelho da mãe havia mensagens dela pedindo para que ele parasse com os abusos contra as filhas. Além de material pornográfico que foi encontrado no celular do padrasto.

As crianças foram acolhidas pelo Conselho Tutelar da cidade e passaram por exames periciais no Instituto Médico Legal (IML).

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email