Irmãos de 5 meses e 3 anos deixam hospital após avós morrerem em acidente entre 18 veículos na BR-414

Compartilhar esta postagem

Duas crianças que sobreviveram ao acidente entre 18 veículos, na BR-414, receberam alta do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. De acordo com familiares, Luiz Augusto, de 5 meses, e Davi Lucas, de 3 anos, estavam no carro dos avós maternos, que morreram no momento da batida.

“A situação que ficou o carro, se você olha, diz: ‘não salvou ninguém’. Mas Deus colocou a mão na cabeça dos meus netinhos e salvou eles. Graças a Deus, só agradecer agora”, afirmou o avô paterno das crianças, Borges Rodrigues da Silva.

 

Um homem que trabalhava em uma obra na rodovia foi quem resgatou o pequeno Luiz Augusto, de 5 meses.

O acidente aconteceu na segunda-feira (25), em Anápolis, a 55 km de Goiânia. O Corpo de Bombeiros informou que três pessoas morreram no local e o Instituto Médico Legal (IML) confirmou uma morte no hospital.

Entre as vítimas fatais estão o casal Lucivânia Marcelino de Carvalho Miranda, de 48 anos, e Valdeni Tiburcio de Miranda, de 52. Eles eram avós maternos dos dois irmãos resgatados com vida.

o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Newton Morais informou que a pista, que é simples, está em obras e utiliza o sistema “pare e siga”. Com isso, no momento do acidente, vários carros estavam parados na pista. Um caminhão que descia a rodovia não conseguiu frear a tempo, batendo nos veículos e causando o engavetamento entre os carros.

“A pista é muito íngreme. Ainda não temos os detalhes técnicos do porque ele não conseguiu frear. Há a possibilidade do caminhão ter perdido os freios ou até mesmo do motorista ter tido um mal súbito”, ressaltou o inspetor.

A pista foi liberada após o resgate das vítimas. O caminhão que provocou o acidente passará por perícia para identificar o que pode ter causado o acidente.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email