Homem é preso suspeito de jogar na mulher água quente que ele usaria em ritual religioso após vítima falar que queria o divórcio

Compartilhar esta postagem

Um homem, de 40 anos, foi preso suspeito de jogar água quente no rosto da esposa, de 42, em Goiandira, no sudeste goiano. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no momento em que o casal discutia sobre a possibilidade de um divórcio.

O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira (3). Segundo o delegado Fernando Maciel, a mulher conversa com o sogro sobre querer se divorciar do filho dele. Ao ouvir isso, o marido se aproximou e o casal começou a discutir.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email