Prefeito suspeito de atirar 15 vezes contra a casa da ex mandou mensagem alegando que estava ‘de fogo’

Compartilhar esta postagem

“Tava de fogo, mas assumo minha responsabilidade. Poderia ter sido pior”, disse o prefeito.

 

Em nota, o advogado Francisco Damião da Silva nega a tentativa de feminicídio, pois “a relação conjugal noticiada já tinha se encerrado e não havia nenhum interesse de ambas as partes na reconciliação” e que nunca houve qualquer intenção “de atingir a integridade física de quem quer que seja”.

Facebook Comments Box
Please follow and like us:
Pin Share

Mais para explorar

A informação ao alcance do seu like. Nordeste e leste goiano.

Compartilhe

Sobre

Links principais

RSS
Follow by Email